sistema ilpf

Saiba como funciona o sistema ILPF (integração lavoura, pecuária e floresta)

O sistema ILPF integra a produção agrícola com a pecuária e a floresta, tudo na mesma área da propriedade. Trata-se de uma técnica inovadora e em permanente aprimoramento pelos órgãos de pesquisa da produção rural nessas três frentes.

Nesse sentido, o agronegócio vem evoluindo e nossas instituições públicas e privadas têm direcionado um olhar especial para iniciativas que levam ao melhor aproveitamento da terra. As técnicas agrícolas e a tecnologia no campo facilitam todo o processo para o produtor.

Continue a leitura e saiba como funciona o sistema ILPF, a integração entre lavoura, pecuária e floresta.

O que é o sistema ILPF?

O sistema ILPF ou integração lavoura-pecuária-floresta consiste na exploração integrada dos três diferentes sistemas produtivos: agrícola, pecuário e florestal. A integração significa que as frentes são conduzidas na mesma área da propriedade, ao mesmo tempo ou em abordagens sucessivas.

Trata-se de uma estratégia de produção que pode ser empregada envolvendo os três sistemas produtivos ou apenas dois deles de uma vez. O importante é que todas as frentes sejam beneficiadas uma pela outra.

Sua adoção, no entanto, requer conhecimentos e técnicas que realmente permitam a interação entre as facilidades oferecidas por uma prática e o aproveitamento pelas outras. Para esse fim, o próprio Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) incentiva esforços nessa direção.

Nesse sentido, promove a celebração de convênios e acordos de cooperação técnica entre órgãos e instituições públicas e privadas, para fins de pesquisa e de capacitação de pessoal. A ideia é desenvolver trabalhos de extensão rural para viabilizar a orientação e incentivar os produtores para sua adoção na gestão da propriedade.

Como funciona o ILPF?

Em princípio, o componente florestal, isto é, as árvores plantadas permanecem todo o tempo. Por sua vez, uma cultura agrícola conduzida nas entrelinhas se reveza com a utilização de animais no pastoreio.

A integração se efetiva, por exemplo, quando uma cultura agrícola é conduzida entre as linhas das árvores de um estande de produção florestal. Nesse caso, o aproveitamento de diversas ações de manejo poderá ser comum, como a fertilização do solo e a disponibilidade de nutrientes.

Essa é uma prática que pode ser repetida desde a fase de crescimento das árvores, alterando-se as culturas nas entrelinhas. Na verdade, a adoção de rotação de culturas nas entrelinhas aprimora ainda mais o sistema. No entanto, nada impede que as culturas sejam perenes.

Do mesmo modo, a utilização de caprinos forrageando nas entrelinhas dos cafezais mantém a cultura no limpo, dada a versatilidade da alimentação desses animais. Assim, para fins de sua implantação na propriedade, veja as possibilidades de adoção do ILPF combinando-se os três sistemas:

  • lavoura-pecuária-floresta;
  • lavoura-pecuária;
  • lavoura-floresta;
  • pecuária-floresta.

Na condução dos sistemas integrados, diferentes técnicas de produção podem ser utilizadas como, por exemplo, a rotação de culturas, o sombreamento e a consorciação. Estudos vêm sendo promovidos aprimorando as técnicas de manejo, garantindo novas maneiras de conduzir as atividades integradas.

Quais as vantagens de sua adoção?

O aproveitamento da condução de uma atividade com benefícios para outra é a grande vantagem do sistema ILPF. Esse ganho, no entanto, pode ser avaliado resultando nos principais efeitos mostrados a seguir.

Intensifica o uso da propriedade

Há um ganho significativo com o maior aproveitamento da propriedade, intensificando os trabalhos e a utilização dos espaços disponíveis. Com a adoção da prática, a mesma área vai oferecer sua contribuição para diferentes produções participando de duas ou três atividades ao mesmo tempo, praticamente.

Possibilita maior eficiência no uso da terra

Com o aproveitamento de matéria orgânica e da fertilização disponibilizada pelos componentes do sistema ILPF, as respostas da terra serão melhores e maior será a eficiência produtiva. A produção é maior, não apenas pelos diferentes produtos, mas pelo incremento na produtividade de cada um.

Promove benefícios para o meio ambiente

A ILPF promove benefícios para o meio ambiente, por exemplo, com relação à recuperação de pastagens antigas degradadas. Com a iniciativa de reaproveitamentos dessa natureza, é possível reduzir a pressão sobre as demandas que surgem para novas áreas produtivas, em especial pela introdução de árvores no ambiente.

Aumenta a matéria orgânica do solo

Observa-se um ganho na introdução de matéria orgânica no solo cultivado com o sistema ILPF, pelo consórcio de culturas, com a segunda deixando sua massa no campo para o estande florestal. Ao mesmo tempo, a utilização de herbívoros pastando também disponibiliza a contribuição animal para esse fim.

Reduz a incidência de erosão

Uma das causas da erosão, sobretudo aquela provocada pelas águas em escoamento, é a presença de áreas com solo descoberto. Com a integração, essas áreas suscetíveis são muito reduzidas ou deixam de existir, evitando as perdas provocadas pelas chuvas intensas, principalmente.

Melhora as condições microclimáticas da lavoura

A presença de árvores, ainda que estejam em fase de crescimento, atenua a componente térmica do microclima de cada talhão. Além disso, as mesmas espécies arbóreas também funcionam como quebra-vento que, associado à redução do calor, aumenta a umidade relativa do ar.

Como utilizar o sistema ILPF?

Antes de adotar o ILPF, é importante verificar a possibilidade em sua propriedade, em razão principalmente das culturas e da criação conduzidas. Uma vez confirmada a viabilidade, identifique em qual situação o seu caso se enquadra, a fim de direcionar as medidas pertinentes.

Para isso, leve em conta as seguintes possibilidades:

  • introdução da agricultura em área de pastagem:
  • introdução de pastagem em área de cultivo de grãos;
  • introdução do sistema de floresta em áreas de pastagem;
  • introdução do sistema de floresta em áreas de cultivo agrícola, seguindo a introdução de pastagem.

Qualquer que seja o seu caso, um bom planejamento e a consultoria técnica devida são indispensáveis. O uso de técnicas modernas e a tecnologia disponível vão facilitar e garantir os resultados positivos.

Como você pode ver, o sistema ILPF traz grandes vantagens para o produtor, ampliando sua capacidade produtiva e aperfeiçoando sua produção. Requer o conhecimento que uma orientação profissional pode propiciar para você incorporar novas técnicas desenvolvidas para esse fim.

Tudo o que você precisar, de máquinas agrícolas a soluções de crédito, tenha o Broto como a principal referência para o seu sucesso no agronegócio. Acesse a plataforma e conheça nossas soluções!

Quer receber nossas novidades e conteúdos?

Cadastre-se e receba por e-mail em primeira mão.

E-mail cadastrado com sucesso
Ops! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, verifique se o captcha está correto.

4 Comentários

Diga o que está em sua mente

Seu endereço de e-mail não será publicado.