LICHIA: SAIBA SOBRE O CULTIVO E O MERCADO DESSA FRUTA

Você sabia que a lichia é uma das frutas mais antigas e apreciadas do mundo? Originária da China, essa fruta exótica e saborosa tem conquistado cada vez mais espaço no mercado brasileiro, tanto pela sua qualidade nutricional quanto pelo seu potencial econômico. Mas como é o cultivo e o mercado da lichia no Brasil?

Neste post, vamos falar sobre tudo que a envolve, desde o que é essa fruta e o que ela tem de especial, até os detalhes do processo de cultivo e as melhores práticas de colheita. Além disso, conheça um pouco melhor a dinâmica de mercado, considerando tanto as vendas internas quanto as oportunidades de exportação.

Se você se interessou pela lichia e quer saber mais sobre essa fruta, continue a leitura e fique por dentro de tudo o que precisa saber!

O que é a lichia e quais são as suas características?

A lichia é uma fruta originária da China, onde é cultivada há mais de dois mil anos. Ela pertence à família das Sapindaceae, a mesma do guaraná e do açaí. Sua casca vermelha e áspera protege uma polpa branca, suculenta e doce, com uma semente marrom no centro. A fruta tem um formato arredondado ou ovalado, e pesa entre 10 e 20 gramas.

A lichia é rica em vitaminas, minerais e antioxidantes, os quais trazem diversos benefícios para a saúde. Entre eles, podemos destacar:

  • fortalece o sistema imunológico — é fonte de vitamina C, que ajuda a combater infecções e inflamações;
  • previne a anemia — contém ferro, essencial para a produção de hemoglobina;
  • melhora a digestão — é rica em fibras, que regulam o trânsito intestinal e evitam a constipação;
  • hidrata o corpo — tem alto teor de água, ajudando a manter a pele, as mucosas e as células saudáveis;
  • combate o envelhecimento precoce — tem flavonoides, que protegem as células dos danos causados pelos radicais livres.

Além disso, é uma fruta de baixa caloria que pode ser consumida in natura ou em diversas receitas, como sucos, sorvetes, geleias, saladas e sobremesas.

Como é o cultivo da lichia?

A lichia é uma fruta que se adapta bem ao clima tropical e subtropical, com temperaturas entre 15°C e 35°C. Ela prefere solos profundos, férteis e bem drenados, com pH entre 5,5 e 7,5.

É uma planta que precisa de irrigação regular, principalmente na fase de floração e frutificação, mas sem encharcar o solo. Também requer podas de formação, limpeza e renovação, para estimular o crescimento e a produtividade.

A lichia é uma planta que tem um ciclo anual, geralmente entre novembro e janeiro. A colheita deve ser feita manualmente, quando a fruta estiver madura — com a casca vermelha e brilhante.

Essa é uma fruta que se deteriora rapidamente após a colheita. Por isso, é importante armazená-la em locais frescos e arejados ou em câmaras frias, para prolongar a sua vida útil.

Quais são os cuidados necessários com a plantação de lichia?

A lichia tem ganhado cada vez mais espaço na agricultura moderna. Seja pela sua doçura peculiar, seja pelos seus benefícios nutricionais, ela tem conquistado o paladar dos consumidores.

Mas você já se perguntou como essa fruta é cultivada? Quais são os cuidados necessários para garantir uma boa produção de lichias? Aqui estão algumas dicas!

Escolha do local e preparação do solo

A lichia é uma árvore tropical que prefere climas quentes e úmidos, mas também pode tolerar geadas leves. O local ideal para o plantio deve ter boa drenagem, porque a árvore não se dá bem com solos encharcados.

Para preparar a área, remova ervas daninhas e pedras. Depois, adicione compostagem ou esterco para melhorar a fertilidade.

Plantio e irrigação

O plantio de lichia é feito usando mudas enxertadas, plantadas em buracos profundos o suficiente para acomodar as raízes.

A irrigação é crucial, especialmente durante os primeiros anos de crescimento da árvore. Ela precisa de água regularmente, mas o solo não deve ficar encharcado. Durante a estação seca, a irrigação pode ser necessária para garantir que a árvore receba água suficiente.

Poda e fertilização

A poda é uma parte importante do cuidado com a lichia. Ela ajuda a manter a forma da árvore e a promover uma boa produção de frutos. É preciso que ela seja ser feita após a colheita, removendo galhos mortos ou doentes e afinando a copa da árvore para permitir a entrada de luz.

A fertilização regular, com um fertilizante equilibrado, também é essencial para a saúde e a produtividade da árvore.

Controle de pragas e doenças

A lichia pode ser suscetível a várias pragas e doenças, incluindo a broca-da-lichia, a mosca-das-frutas e o oídio. O controle de pragas pode ser feito por práticas culturais, como a remoção de frutas caídas e a poda de galhos infectados, e pelo uso de inseticidas quando necessário.

As doenças podem ser controladas mantendo a árvore saudável e usando fungicidas se necessário.

Como fazer a colheita da lichia?

Para que você possa desfrutar de todos os benefícios do plantio da lichia, é necessário um cuidado especial não só no cultivo, mas também na colheita.

Entenda como fazer a colheita da fruta de maneira eficiente e segura!

Momento certo para a colheita

O primeiro passo para uma colheita bem-sucedida é identificar o momento certo. A lichia, geralmente, amadurece no final da primavera ou no início do verão, mas o tempo exato pode variar dependendo do clima e das condições locais. Uma lichia madura tem uma cor vermelha brilhante e uma casca ligeiramente dura ao toque.

Métodos de colheita

A colheita da lichia deve ser feita manualmente para evitar danos à fruta. É recomendável usar uma tesoura de poda ou um cortador de frutas para cortar o caule, deixando cerca de um centímetro — isso ajuda a prolongar a vida útil da lichia e a prevenir a entrada de doenças.

Armazenamento e manuseio pós-colheita

Após a colheita, elas devem ser manuseadas com cuidado para evitar machucados e danos à casca. As frutas devem ser armazenadas em um local fresco e seco, e consumidas ou processadas o mais rápido possível, já que a lichia é uma fruta que se deteriora rapidamente.

A colheita é um processo que requer cuidado e atenção aos detalhes. Ao seguir estas dicas, você pode garantir que suas frutas sejam colhidas no pico de maturidade e manuseadas de maneira a preservar sua qualidade e sabor, fomentando o agronegócio.

Como está o mercado da lichia no Brasil?

Os principais produtores de lichia são China, Taiwan, Tailândia, Índia, Madagascar e África do Sul. A China é o maior produtor e exportador, com uma grande participação no mercado mundial.

No Brasil, o mercado é bastante promissor, mas nem por isso robusto. Apesar do potencial de crescimento, ele enfrenta alguns desafios, como a falta de conhecimento sobre a fruta por parte dos consumidores — o que pode limitar a demanda.

Além disso, é um produto que se deteriora rapidamente, o que exige um manejo cuidadoso e uma rápida comercialização após a colheita.

A crescente demanda por frutas exóticas e saudáveis pode impulsionar o mercado da lichia no Brasil, tornando-a uma opção importante para a agricultura nacional. Além disso, ela pode ser processada em diversos produtos, como sucos, vinhos, geleias e doces, o que pode ajudar a aumentar a expandir o mercado.

A jornada da lichia, desde os cuidadosos processos de plantio até sua chegada às mesas dos consumidores, é marcada por desafios e oportunidades. No entanto, com o manejo adequado e estratégias de marketing eficazes, ela pode se tornar uma fruta cada vez mais popular no Brasil.

Conhecer a fundo o cultivo e o mercado desse produto tão pouco explorado oferece uma ampla visão sobre como a agricultura pode ser um vetor de desenvolvimento sustentável e de enriquecimento cultural. É uma porta para valorizar e investir em culturas que contribuem para a diversidade de nossa oferta e para a saúde dos consumidores.

Se você gostou de saber mais sobre o cultivo dessa planta, não pare por aqui: leia outros conteúdos em nosso blog!

Quer receber nossas novidades e conteúdos?

Cadastre-se e receba por e-mail em primeira mão.

E-mail cadastrado com sucesso
Ops! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, verifique se o captcha está correto.

Diga o que está em sua mente

Seu endereço de e-mail não será publicado.