Gerenciamento financeiro

Saiba como realizar o gerenciamento financeiro da sua fazenda de forma eficiente

Pensar no gerenciamento financeiro da fazenda é essencial para gerir os recursos de forma eficiente e tomar as melhores decisões. Quem ignora esse fator acaba gastando mais do que precisa e até do que pode, minimizando a lucratividade das suas atividades e, em alguns casos, tendo até mesmo que arcar com prejuízos.

Esse é o tipo específico de situação que você quer evitar, certo? Então, saiba que este post foi preparado para ajudar você a dar os primeiros passos em direção a um gerenciamento financeiro eficiente das contas da sua fazenda.

Quer conferir as dicas? Então, fique atento e aproveite a leitura!

Registre suas receitas e despesas

Um primeiro passo essencial para começar a organizar suas contas e dar início a um gerenciamento financeiro eficiente é manter um registro ordenado das suas receitas e despesas. Sim, pode parecer algo chato de se fazer, mas é realmente importante registrar cada saída e entrada de dinheiro da fazenda.

Além disso, é importante categorizar a proveniência de cada uma delas. As receitas, por exemplo, podem vir de:

  • vendas dos produtos agropecuários;
  • vendas de subprodutos, como palha e esterco;
  • terras arrendadas;
  • aplicações financeiras.

O mesmo é válido para os custos e despesas, que são aqueles gastos envolvidos no funcionamento da fazenda e na execução das atividades. Entram nessa conta os salários dos trabalhadores, as rações, os defensivos agrícolas, a manutenção das máquinas, as embalagens utilizadas para transportar mercadorias, o combustível e assim por diante.

É só com essa relação completa que você terá condições de avaliar com precisão a situação do negócio, se ele está tendo lucro ou prejuízo, onde você deve reduzir os gastos e quais investimentos são necessários (e possíveis).

Organize o fluxo de caixa

O fluxo de caixa corresponde justamente a essa dinâmica de movimentação de entradas e saídas. É uma ferramenta indispensável para o controle e gerenciamento financeiro, especialmente se você pretende acompanhar os resultados dia após dia.

Os cálculos feitos a partir do fluxo de caixa são bem simples, mas bastante úteis. Com somas e subtrações rápidas, é possível ter uma ideia se houve lucro no dia, na semana, no mês e até no ano. Dessa forma, você pode adotar estratégias rápidas sempre que julgar necessário.

Organizar essas informações também ajuda a realizar projeções para o futuro financeiro da fazenda. Salvo as sazonalidades, com uma média dos seis últimos meses, por exemplo, é possível ter uma ideia do que vem pela frente. Isso também ajuda a adotar medidas preventivas e mais proveitosas para as sobras de caixa, que podem virar reinvestimento ou uma reserva financeira.

Liste os investimentos e financiamentos

Os investimentos e financiamentos são parte tão importante do gerenciamento financeiro quanto qualquer outro gasto. Afinal, eles compõem uma fonte mensal de escoamento de dinheiro até que sejam quitados. Ainda assim, são extremamente necessários para o desenvolvimento da atividade rural e, justamente por isso, precisam ser pensados com cautela.

Enquanto os investimentos são cruciais para implementar melhorias e ferramentas que deem suporte ao dia a dia do agronegócio, os financiamentos são recursos de terceiros igualmente importantes para suprir algumas demandas mais urgentes. Apenas mantenha-se atento para incluí-los no planejamento.

É muito importante que o pagamento desses valores esteja presente na projeção orçamentária para os meses que se seguem, até mesmo para que você não conte com uma lucratividade maior do que a que realmente pode ocorrer.

Utilize os dados a seu favor

A tomada de decisão é um item de extrema relevância no gerenciamento financeiro de uma propriedade rural. Em geral, ela pode seguir dois cursos:

  • a intuição e experiência do agricultor, que pode falhar;
  • os insights gerados a partir de algoritmos, com dados atualizados coletados da propriedade.

O segundo é muito mais preciso e menos arriscado, afinal, utiliza uma série de informações numéricas para chegar às melhores alternativas. Para isso, no entanto, é necessário ter clareza sobre a decisão que precisa ser tomada; elaborar, analisar e escolher as alternativas; e checar a eficácia da decisão.

É justamente nessa etapa que se apresenta a importância de todos os controles que já mencionamos até aqui, como o registro de entradas e saídas, e o uso do fluxo de caixa de forma organizada, por exemplo. Esses dados são fundamentais para obter boas indicações de redução de custos, investimentos e intensificação de ganhos.

Conte com um sistema de gestão rural

A tecnologia tem diversos recursos à disposição da atividade no campo. No entanto, você precisa acioná-los. Os sistemas de gestão rural são uma ferramenta importante para um gerenciamento financeiro mais eficiente, especialmente se você quer manter suas contas sob controle.

Essas ferramentas vão aumentar a agilidade da gestão, simplificar diversos processos e ainda atribuir acurácia para a tomada de decisão. Na prática, isso também ajuda a otimizar os recursos materiais, financeiros, humanos e ecológicos.

De forma geral, isso significa mais segurança e controle para a sua fazenda, de uma maneira automatizada. O resultado é mais tempo livre e mais previsibilidade dos cenários futuros, salvando seu negócio de muitos riscos desnecessários.

Como você viu, é possível investir em melhorias no gerenciamento financeiro da sua fazenda. Isso contribui não apenas para a organização em nível interno, mas também para a clareza sobre as informações do empreendimento rural.

Esse pode ser um incremento crucial para criar um diferencial competitivo realmente atrativo. Afinal, quem conhece melhor a sua situação financeira consegue implementar mudanças pontuais capazes de gerar benefícios significativos. A redução dos custos e a aplicação nos investimentos certos são apenas alguns exemplos disso.

Muitas das dificuldades enfrentadas pelos produtores rurais são advindas do ritmo que o mercado dita. Sobre isso, não há muito o que fazer senão se preparar com uma boa reserva financeira para enfrentar os períodos de vacas magras. No entanto, naquilo que depende do produtor no dia a dia, é importante se precaver e adotar estratégias que mantenham o negócio em franco desenvolvimento.

Agora que você já conferiu as nossas principais dicas para acertar no controle dos seus gastos, conte nos comentários como você vem realizando o gerenciamento financeiro da sua fazenda!

Quer receber nossas novidades e conteúdos?

Cadastre-se e receba por e-mail em primeira mão.

E-mail cadastrado com sucesso
Ops! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, verifique se o captcha está correto.

4 Comentários

Diga o que está em sua mente

Seu endereço de e-mail não será publicado.