painéis de energia solar em campo sendo irrigado

10 vantagens da energia solar para propriedades rurais

A demanda por energia é cada vez maior no Brasil. Segundo dados da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE), ela cresceu 4,1% em 2021. A tendência, então, é de aumento progressivo da demanda. É por isso que, no campo, soluções sustentáveis, a exemplo da energia solar rural, mostram-se como ótimas alternativas para você.

Além de se constituir em uma fonte inesgotável e disponível, trata-se de energia limpa, cuja geração não polui e não traz danos ambientais. Ainda, praticamente todas as atividades da fazenda podem ser beneficiadas com o sistema.

Pensando nisso, nós aqui do Broto preparamos este artigo para esclarecer dúvidas sobre o assunto. Continue a leitura e descubra 10 vantagens da energia solar no campo e outras informações relevantes sobre o assunto!

Animado Calculadora de Economia

Qual é a diferença entre energia solar térmica e fotovoltaica?

A energia solar térmica serve para aquecer água e imóveis em períodos frios. Por exemplo, o chuveiro elétrico pode contar com a energia solar térmica, gerada a partir da captação de raios solares armazenados para a finalidade citada. Então, o calor do sol é o que proporciona o aquecimento.

Enquanto isso, a energia solar fotovoltaica é destinada à geração de energia elétrica. Isso ocorre diretamente com os raios solares que incidem nas placas fotovoltaicas e transformam a luz solar em fonte energética.

Como tem acontecido o aumento do investimento em energia solar?

As fontes de energia elétrica tradicionais, como as provenientes de hidrelétricas, passam por constantes reajustes na conta de luz. Esse reajuste foi de 7% a 24% em 2022, a depender do estado brasileiro. Parte da explicação é a crise hídrica, que leva ao desabastecimento de muitas hidrelétricas, e a inflação no período.

Diante desse contexto, muitos produtores rurais elevaram os investimentos em energia solar para driblar aumentos na conta de luz. Afinal, essa alternativa é renovável, segura e de fácil instalação. Apesar de necessitar de um bom investimento em um primeiro momento, tem retorno financeiro a médio e longo prazos.

Como garantir a sustentabilidade no campo?

O Brasil tem sido referência na produção de combustíveis sustentáveis: estudos destacam o etanol, produzido a partir de cana-de-açúcar, e o biodiesel, produzido a partir de óleos vegetais ou de gorduras animais.

Da mesma forma, a chegada da tecnologia no campo e a produção de biogás e de energia a partir do bagaço da cana, por exemplo, apontam a direção e o sentido que o campo deve seguir rumo à sustentabilidade.

Por sua vez, as produções de energia eólica (a partir dos ventos) e de energia fotovoltaica (a partir do sol) mostram o caminho para a sustentabilidade nas demandas por energia elétrica. Nesse sentido, qualquer lugar no país é abundante em luz solar, de modo que essa é uma fonte acessível a todos.

Dessa forma, o aproveitamento dessa energia quase infinita é uma solução que, além de óbvia, é estratégica e econômica, de alta valia. Todo produtor pode considerar a instalação de módulos de produção de energia fotovoltaica em função das características de sua propriedade, como tamanho e atividades desenvolvidas.

Quais são as vantagens da energia solar na propriedade rural?

A implementação de um sistema fotovoltaico de aproveitamento da energia solar na propriedade rural não é apenas uma grande iniciativa sustentável que deve ser adotada. Na verdade, sua utilização traz uma série de benefícios para você, enquanto produtor. Acompanhe nossos 10 destaques.

1. Redução de gastos com energia e manutenção

As despesas com energia elétrica no campo são pesadas, resultantes de tarifas elevadas e que apresentam aumentos frequentes, difíceis de serem acompanhados de bom grado.

Assim, a implantação e a utilização de energia solar na propriedade rural é uma grande saída nesse contexto: investir em energia solar pode levar a uma economia de até 95% na conta de luz. Ou seja, o investimento nesse tipo de instalação se paga com a economia nas despesas de implantação em poucos anos, dependendo do consumo de energia local. 

Assim, é possível cobrir valores de instalação e aquisição de painéis fotovoltaicos. Além disso, a rentabilidade é percebida em médio e longo prazos, já que a vida útil dos equipamentos instalados é de, pelo menos, 20 anos.

2. Redes de financiamento mais acessíveis

Se você precisar financiar a instalação do sistema fotovoltaico em sua propriedade, saiba que não encontrará dificuldade. Existem linhas de financiamento mais acessíveis, para até 100% das necessidades, como a do Programa Agro Energia, do Banco do Brasil, voltado para você, produtor rural, facilitando o gerenciamento financeiro.

3. Disponibilidade de energia em áreas com maior dificuldade

Muitas áreas rurais não contam com energia elétrica ou a qualidade da distribuição da energia disponível deixa a desejar — seja pela instabilidade das instalações, seja pela intermitência dos serviços. Com o sistema fotovoltaico, você pode fazer a instalação em qualquer lugar da fazenda, desde que o sol chegue até lá.

4. Maior tranquilidade com o uso de energia elétrica

Muitas propriedades agrícolas apresentam um elevado consumo de energia elétrica em razão das inúmeras atividades desenvolvidas e dos equipamentos que demandam essa energia. Como é na sua propriedade?

Além dos custos elevados, existe a preocupação com a possibilidade de falhas frequentes no fornecimento. A energia solar fotovoltaica traz a tranquilidade necessária.

5. Fonte de energia limpa e sustentável

A sustentabilidade é o caminho para a construção de um agronegócio que já é sucesso e pode ficar cada vez mais forte. A utilização de uma fonte de energia limpa e sustentável nas propriedades rurais consolida, com o tempo, resultados melhores, permitindo abastecer com vantagens mesmo os mercados internacionais mais exigentes.

6. Aumento da vida útil 

Como já mencionado, atualmente, a maioria dos fabricantes informa uma vida útil de 20 anos, em média, para painéis fotovoltaicos. Ou seja, a rentabilidade dos produtos é alta e faz valer o investimento, pela durabilidade com que os benefícios são aproveitados.

7. Valorização da propriedade e melhor aproveitamento do espaço

Imóveis que contam com esse tipo de instalação se tornam mais valorizados, podendo chegar a valer 30% mais. Afinal, os moradores garantem uma economia na conta de luz muito grande e podem aproveitar o equipamento por décadas. 

Além disso, a instalação de painéis fotovoltaicos não exige muito espaço do território. Inclusive, modelos mais modernos de usinas solares são flutuantes, trazendo ainda mais aproveitamento do local físico. Esse é outro motivo para que o retorno financeiro seja maior, caso você pretenda alugar ou vender a propriedade no futuro.

8. Autonomia energética

Investir na energia solar no campo é uma forma de a sua propriedade gerar luz e aquecimento de maneira autônoma. Isso diminui os riscos de ela passar um período sem energia. 

Isso porque no sistema off-Grid, as baterias acopladas ao sistema fotovoltaico armazenam o suficiente para que o local tenha independência energética por um período. Esse benefício é especialmente útil em regiões onde o sistema elétrico costuma sofrer quedas e em locais distantes de redes de distribuição. 

9. Melhoria na agricultura de precisão

A agricultura de precisão necessita de energia elétrica para utilizar recursos tecnológicos na avaliação de características do clima e solo na produção rural. Então, a energia solar otimiza essa técnica e pode ajudar a gerar dados ainda mais precisos, já que a automação ganha mais eficiência.

10. Melhor margem de lucro nos produtos

O seu gasto com energia elétrica em processos como o de irrigação será menor. Com isso, melhora-se a margem de lucro nos produtos.

Como a energia solar na propriedade rural é aplicada?

Já existem diversas propriedades rurais produtivas usando a energia solar com sucesso, voltada ao funcionamento de uma infinidade de sistemas e equipamentos. De modo geral, podem ser assim relacionadas, entre outras, as diferentes aplicações dessa energia:

  • consumos normais de eletricidade em uma residência;
  • cerca elétrica na propriedade;
  • estufas com controle de temperatura e umidade;
  • galpões de beneficiamento da produção;
  • sistemas de irrigação;
  • sensores dispostos pela lavoura;
  • automação de diversos equipamentos.

Como é feita a implementação?

Para a implementação do sistema em sua propriedade, é preciso se certificar de contar com uma empresa especializada e experiente. Algumas instituições que financiam a iniciativa contam com uma carteira de fornecedores confiáveis e vão indicá-los para o seu caso.

Essencialmente, a instalação do sistema é modular. Esses módulos podem ser multiplicados de acordo com a necessidade da propriedade. O chamado kit de energia solar é constituído por:

  • painéis solares (módulos fotovoltaicos);
  • inversor solar (grid-tie);
  • controlador de carga;
  • banco de baterias;
  • cabeamento especial para corrente contínua;
  • conectores especiais;
  • estrutura de fixação (varia com o local).

Quais são os custos dessa implementação?

Os custos dependem dos valores de cada fornecedor e do tamanho da propriedade, dificultando a definição de um valor exato. Como exemplo, um sistema on-grid de 19 kW, que é a potência média instalada no Brasil, tem custo médio de R$ 76 mil. Esse sistema é capaz de proporcionar 2.375 kilowatts hora (KWh) por mês.

De todo modo, lembramos que existem linhas de crédito que atendem a diversos segmentos de produção rural, tanto para pequenos como para grandes produtores. Assim, fica bem mais fácil implementar o sistema por aí, não acha?

O primeiro passo para escolher o ideal para o seu caso consiste em conhecer suas necessidades de energia na propriedade.

Como usar a calculadora do BB?

Não sabe muito bem como começar? A calculadora on-line do BB serve justamente para isso! Ela ajuda a conhecer as necessidades energéticas do seu negócio. Para usá-la, basta inserir informações como estado, cidade, valor atual da conta de energia, companhia elétrica usada e quanto almeja diminuir o consumo.

Com essa ferramenta, você já consegue identificar as características de um sistema próprio para o seu caso e efetuar simulações do financiamento.

Como o Broto pode ajudar? 

O Broto vende equipamentos necessários para implementar a energia solar no campo em que você atua. Exemplos são:

  • placas solares;
  • carregadores portáteis;
  • kits completos de energia solar para propriedades rurais;
  • bomba de água solar;
  • kit gerador fotovoltaico.

Na loja virtual, você encontra essas e outras diversas opções. Sem falar que pode solicitar um orçamento personalizado para ficar por dentro dos valores adequados à situação da sua propriedade.

Como pôde ver, os sistemas de aproveitamento da energia solar no campo oferecem uma série de vantagens para você, além de garantir sustentabilidade ao seu negócio.

Agora você descobriu os principais benefícios da energia solar na propriedade rural! Que tal conhecer em mais detalhes o já mencionado programa Agro Energia do Banco do Brasil?

Quer receber nossas novidades e conteúdos?

Cadastre-se e receba por e-mail em primeira mão.

E-mail cadastrado com sucesso
Ops! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, verifique se o captcha está correto.

3 Comentários

    Tenho sítio e não tenho energia Cemig vivo neste local

Diga o que está em sua mente

Seu endereço de e-mail não será publicado.